Ameaça e Pressão de desmatamento em Áreas Protegidas: SAD de novembro a janeiro de 2018

Ameaça e Pressão de desmatamento em Áreas Protegidas: SAD de novembro a janeiro de 2018

Fonseca, A., Salomão, R., Ribeiro, J., & Souza Jr., C. 2017. Ameaça e pressão de desmatamento em Áreas Protegidas: SAD de agosto a outubro de 2017 (p. 1). Belém: Imazon.Mais...

De novembro de 2017 a janeiro de 2018 o SAD detectou  311 km² na Amazônia, sendo 27 km² (8%) em Áreas Protegidas (AP).

Nesse período foi observado que as Terras Indígenas foram as Áreas Protegidas que mais sofreram Ameaça (desmatamentos ocorridos no seu entorno), com destaque para as TI Parakanã e TI Cachoeira Seca, localizadas no Pará – estado com maior concentração de Terras Indígenas ameaçadas.

Em relação a ocorrência de desmatamento dentro da Área Protegida, classificado como Pressão,  a grande maioria também ocorreu no Pará ao longo da rodovia Transamazônica e na região da Calha Norte.

O Imazon apresenta trimestralmente um relatório sintético de Ameaças e Pressões em APs com base em dados de alertas de desmatamento do SAD e um relatório anual com dados detalhados. Além disso, faremos uma previsão de Risco de Futuras Ameaças e Pressões anuais, com o objetivo de desencadear ações preventivas para evitar esses possíveis cenários.

Essa publicação apresenta os dados de Ameaça e Pressão do segundo trimestre do calendário do desmatamento 2018 (novembro de 2017 a janeiro de 2018).

 

A&P_A3_420x297_NOV&JAN2018_ImpreGrafRapida

A&P_A3_420x297_NOV&JAN2018_ImpreGrafRapida_Anexo

 

Clique nas imagens para ampliar

 

Baixe aqui o arquivo em alta resolução