Ameaças formais contra as Áreas Protegidas na Amazônia

Ameaças formais contra as Áreas Protegidas na Amazônia

ameacas_formais_contra_as_areasAraújo, E., & Barreto, P. 2010. Ameaças formais contra as Áreas Protegidas na Amazônia. O Estado da Amazônia (No. 16) (p. 6). Belém: Imazon.

Aproximadamente 42% da Amazônia Legal são Áreas Protegidas na forma de UCs (Unidades de Conservação) e TIs (Terras Indígenas). A criação dessas áreas tem sido uma medida efetiva para a redução do desmatamento na região. Contudo, existem iniciativas formais para reduzi-las em tamanho ou em grau de proteção. Neste O Estado da Amazônia analisamos 37 dessas iniciativas que abrangem 48 Áreas Protegidas.

Até julho de 2010, 29 áreas haviam sido suprimidas totalizando 49.506 km2 e outras 18 ainda estavam sendo alvo de ações para redução ou extinção de 86.538 km2.

Para garantir a integridade das Áreas Protegidas da Amazônia, recomendamos punir rapidamente os crimes ambientais; consolidar esses espaços promovendo atividades econômicas sustentáveis e sua regularização fundiária; e utilizar o rigor técnico e legal para eventuais alterações.

Confira também a tabela anexo da publicação O Estado da Amazônia número 16, clicando aqui.

Baixe aqui o arquivo

Visualize AQUI a versão online da publicação.