Zoning of timber extraction in the Brazilian Amazon

Zoning of timber extraction in the Brazilian Amazon

artigocie10Veríssimo, A., Souza Jr, C., Stone, S., & Uhl, C. 1998. Zoning of Timber Extraction in the Brazilian Amazon. Conservation Biology, 12(1), 128-136. Blackwell Publishing for Society for Conservation Biology.

Veríssimo et al. apresentam um modelo conceitual para zonear a atividade madeireira no Estado do Pará. O estudo mostra que 19% do Estado não dispõe do recurso madeireiro e que as áreas designadas para a atividade madeireira somam aproximadamente 32% (400.000 km2) do Estado.

O estudo propõe que as áreas restantes (49%, ou 611.540 km2) sejam protegidas da atividade madeireira, pelo menos para os próximos anos. Essas áreas incluem tanto áreas florestadas onde a atividade madeireira é oficialmente proibida (29% do Pará) como áreas não protegidas com alta prioridade para a conservação (21%) (ou seja, áreas com alta riqueza de biodiversidade).