Boletim Transparência Florestal Estado do Pará (Setembro e Outubro de 2007)

Boletim Transparência Florestal Estado do Pará (Setembro e Outubro de 2007)

para_setembro_2008Souza Jr., C., Veríssimo, A., Costa, A., Salomão, R., & Brandão Jr., A. (2007). Boletim Transparência Florestal Estado do Pará (Setembro e Outubro de 2007) (p. 5). Belém: Imazon.

No Estado do Pará, o desmatamento detectado pelo Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) atingiu 468,8 quilômetros quadrados no mês de setembro de 2007 e 102 quilômetros quadrados em outubro do mesmo ano.

No acumulado do período (agosto a outubro de 2007) o desmatamento totalizou 765 quilômetros quadrados. Um aumento de apenas 4% em relação ao mesmo período do ano anterior (agosto a outubro de 2006) quando o desmatamento somou 737 quilômetros quadrados desmatados.

Em setembro de 2007 a maioria (73%) do desmatamento ocorreu em áreas privadas ou sob diversos estágios de posse. A perda de floresta em Áreas Protegidas foi significativa alcançando 18,4% nas Unidades de Conservação e outros 2,4% nas Terras Indígenas enquanto nos Assentamentos de Reforma Agrária totalizou 5,5%.

No mês de outubro a maioria (86%) do desmatamento também ocorreu em áreas privadas ou sob diversos estágios de posse. Cresceu a participação relativa do desmatamento nos Assentamentos de Reforma Agrária atingindo 11,3% do total. Por outro lado, houve uma redução drástica na proporção do desmatamento nas Unidades de Conservação (apenas 2,7% do total). Não foram detectados desmatamento nas Terras Indígenas.

Não foi possível detectar com o SAD o desmatamento em 26% da área do Estado do Pará em setembro e 33% em outubro, pois essas áreas estavam cobertas por nuvens nas imagens de satélite. Em setembro, as nuvens se concentraram no Norte e Leste do Estado, esta última uma área historicamente crítica em relação ao desmatamento. Em outubro, parte das nuvens se concentrou no Norte e outra parte estava distribuída igualmente no resto do Estado. Portanto, os resultados de desmatamento para esses dois meses estão subestimados.

Esta e outras edições do Boletim Transparência Florestal, além de mapas e gráficos utilizando o dados do SAD, podem ser acessados de maneira interativa no ImazonGeo ( www.imazongeo.org.br ).

Baixe aqui o arquivo