O Avanço do Desmatamento sobre as Áreas Protegidas em Rondônia

O Avanço do Desmatamento sobre as Áreas Protegidas em Rondônia

o_avanco_do_desmatamento_sobre_as_areasRibeiro, B., Veríssimo, A., & Pereira, K. 2005. O Avanço do Desmatamento sobre as Áreas Protegidas em Rondônia (No. 6) (p. 4). Belém: Imazon.

A criação de Áreas Protegidas (Unidades de Conservação e Terras Indígenas) é uma das estratégias mais efetivas e recomendadas para conservar a floresta amazônica. Cerca de 33% da Amazônia Legal são Áreas Protegidas. Em sua maioria, essas áreas têm funcionado como uma barreira contra o avanço do desmatamento. Entretanto, em Rondônia, as Áreas Protegidas estão ameaçadas pelo desmatamento ilegal. Até 2004, o desmatamento havia atingido cerca de 6,3% do território das Áreas Protegidas, enquanto a média para a Amazônia é de apenas 1,7%. Além disso, dez reservas já haviam perdido mais de 20% da floresta original e a taxa de desmatamento tem aumentado nessas áreas nos últimos anos. Neste O Estado da Amazônia, quantificamos o desflorestamento nas Áreas Protegidas de Rondônia até 2004. Além disso, identificamos as Áreas Protegidas mais ameaçadas pelo desmatamento. Os resultados obtidos são úteis para orientar os esforços de fiscalização e aperfeiçoar as políticas para a manutenção da integridade das Áreas Protegidas em Rondônia.

Para a versão em inglês desta publicação, clique aqui.

Baixe aqui o arquivo

Visualize a versão online da publicação.