A exposição “Conecte-se com a Natureza – Áreas Protegidas do Pará”, uma iniciativa do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) e do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (IDEFLOR-Bio) que reúne fotografias de 14 Áreas Protegidas paraenses, agora será uma mostra permanente do Parque Estadual do Utinga Camillo Vianna, em Belém. A entrada é gratuita.

 

A novidade é mais um atrativo aos visitantes do espaço, que agora além de poder realizar atividades esportivas, de lazer e de contemplação da natureza, poderão apreciar a mostra fotográfica a céu aberto. O objetivo é sensibilizar a sociedade em geral para a importância das Unidades de Conservação (UC) para a região amazônica e para o país inteiro, por meio de imagens e do convite à história de cada lugar – muitas vezes desconhecida. A ação foi originalmente realizada no âmbito da campanha nacional Um Dia no Parque, para o estímulo à visitação de UCs.

 

Para Jakeline Pereira, pesquisadora do Imazon e coordenadora da campanha no Pará, a exposição foi uma estratégia para celebrar as UCs no momento da pandemia, já que as atividades com potencial de gerar aglomerações foram suspensas para evitar contágio do novo coronavírus. “Nós então resolvemos ‘trazer’ essas áreas para expor em uma grande capital, que é Belém. A princípio ficaríamos um mês, mas com o sucesso da exposição ficamos quase dois meses e estamos felizes em saber que o IDEFLOR-Bio tomou a decisão de torná-la permanente”, diz Jakeline.

 

“Para a gente foi uma grande satisfação, pois é uma maneira para que as pessoas possam conhecer as UCs, e assim possam defendê-las, conservá-las”, completa a pesquisadora do Imazon, destacando a conexão com o público, que aprecia e observa cada detalhe das imagens. Agora, a exposição ficará na entrada do Parque, próximo ao espaço de aluguel de bicicletas.

 

A diretora da Diretoria de Gestão e Monitoramento de Unidades de Conservação (DGMUC), do IDEFLOR-Bio, Socorro Almeida, também comemora o fato do Parque do Utinga fornecer esta importante atividade. “As imagens falam por si só, chamam atenção, e são um convite à aproximação para saber mais sobre essas Áreas Protegidas. Muita gente visita o Marajó e não sabe que lá é território legalmente protegido, o mesmo aqui no Utinga, que é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral”, explica.

 

A exposição

 

A mostra reúne fotografias de Rafael Araújo, Fabíola Tuma, Helly Pamplona, Brenda Brito, Kleber José Junior, Denys Pereira, Adriano Gambarini, Márcio Nagano, Gabriel Sousa Jr, Socorro Almeida, além de imagens do acervo do IDEFLOR-Bio, com curadoria de Desiree Giusti. Ela destaca que “as imagens nos apresentam a exuberância da natureza nessas áreas criadas legalmente com o intuito de conservar a nossa floresta, proteger a nossa biodiversidade, bem como assegurar os modos de vida dos povos tradicionais que habitam esses territórios há centenas de anos”.

 

Os registros retratam Unidades de Conservação de todo o Pará. Da região Norte do Pará, fotos da Estação Ecológica (Esec) Grão-Pará, Floresta Estadual (Flota)do Paru, Flota de Faro, Flota do Trombetas, Parque Estadual (PES) de Monte Alegre e a Área de Proteção Ambiental (APA) Jará. Da Região Metropolitana, serão expostas imagens do Parque Estadual do Utinga Camillo Vianna e da APA Ilha do Combu. Os visitantes também poderão conferir as belezas do Refúgio de Vida Silvestre (REVIS) Tabuleiro do Embaubal, no Xingu, da APA do Marajó e do Parque Estadual Charapucu, localizado no nordeste do estado. A APA Algodoal-Maiandeua, a APA Araguaia e a APA do Lago de Tucuruí também estarão presentes com os mais belos registros feitos por fotógrafos da região.

 

O fotógrafo Rafael Araújo, que acompanhou projetos em diversas Áreas Protegidas do Pará, também destaca que pela imagem é possível conhecer novos territórios e conectar-se com nossos saberes e culturas. “Sempre quis que meu trabalho pudesse contribuir com a Amazônia de alguma maneira. As UCs são incríveis e diversas, é muito bom perceber que essa exposição pode mostrar essa diversidade”, diz o fotógrafo.

 

SERVIÇO

Exposição “Conecte-se com a natureza – Áreas Protegidas do Pará”

Local: Parque Estadual do Utinga (Av. João Paulo II, S/N – Curió Utinga – Belém)

Visitação: diariamente, de 6h às 17h (exceto às terças-feiras)

Entrada gratuita


Leia também:

APÓS DIGITAR O TEXTO, PRESSIONE ENTER PARA COMEÇAR A PESQUISAR