Acertando o Alvo 2: Consumo de Madeira Amazônica e Certificação Florestal no Estado de São Paulo

Acertando o Alvo 2: Consumo de Madeira Amazônica e Certificação Florestal no Estado de São Paulo

acertando_o_alvo_2_consumo_de_madeiraSobral, L., Veríssimo, A., Lima, E., Azevedo, T., & Smeraldi, R. 2002. Acertando o Alvo 2: Consumo de Madeira Amazônica e Certificação Florestal no Estado de São Paulo (p. 72). Belém: Imazon, Imaflora, Amigos da Terra.

Este trabalho desfaz o mito de que o mercado brasileiro de madeira amazônica não tem demanda por produtos florestais certificados. O estudo foi realizado no ano de 2001, em 114 municípios do estado de São Paulo. Foram entrevistadas 861 revendas de madeira e 119 empresas de produtos madeireiros (móveis, pisos, esquadrias, etc.), além de oito incorporadoras e 15 empresas prestadoras de serviços na área da construção civil vertical (edifícios) na Grande São Paulo. Os pesquisadores descobriram que existe uma demanda por madeira certificada de aproximadamente 20% do volume total consumido no estado de São Paulo (1,2 milhão de metros cúbicos em tora).

Baixe aqui o arquivo

Confira AQUI a versão online.