Boletim Transparência Florestal Amazônia Legal (Agosto de 2010)

Boletim Transparência Florestal Amazônia Legal (Agosto de 2010)

amazonia_legal_maio_2008Hayashi, S., Souza Jr., C., Sales, M., & Veríssimo, A. (2010). Boletim Transparência Florestal Amazônia Legal (Agosto de 201) (p. 12). Belém: Imazon.

Em agosto de 2010, o Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) detectou 210 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal. Isso representou uma redução de 23% em relação a agosto de 2010 quando o desmatamento somou 273 quilômetros quadrados.

Em agosto de 2010, a maioria (68%) do desmatamento ocorreu no Pará, seguido de longe por Mato Grosso (11%), Amazonas (10%), Acre (6%) e Rondônia (5%).

Houve um aumento extremamente significativo (241%) na degradação florestal (florestas intensamente exploradas pela atividade madeireira e/ou queimadas) que atingiu 1.549 quilômetros quadrados em agosto de 2010 contra 455 quilômetros quadrados em agosto de 2009. Essa degradação ocorreu principalmente em Mato Grosso (46%) e Pará (38%).

Em agosto de 2010, o desmatamento detectado pelo SAD na Amazônia Legal comprometeu 3,4 milhões de toneladas de carbono ou 12,5 milhões de toneladas de CO2 equivalente. Isso representa uma queda de 19% em relação a agosto de 2009.

Foi possível monitorar com o SAD a maioria (81%) da Amazônia Legal (excluindo-se o Maranhão) em agosto de 2010.

Baixe aqui o arquivo