Boletim Transparência Florestal Amazônia Legal (Maio de 2008)

Boletim Transparência Florestal Amazônia Legal (Maio de 2008)

amazonia_legal_maio_2008Costa, A., Souza Jr., C., & Veríssimo, A. (2008). Boletim Transparência Florestal Amazônia Legal (Maio de 2008) (p. 11). Belém: Imazon.

Em maio de 2008, de acordo com SAD, o desmatamento atingiu 294 quilômetros quadrados na Amazônia Legal. Isso representa uma queda de 26% em relação a maio de 2007 quando o desmatamento somou 397 quilômetros quadrados.

No acumulado do período (agosto de 2007 a maio de 2008), o desmatamento totalizou 4.142 quilômetros quadrados contra os 3.870 quilômetros quadrados do período anterior (agosto de 2006 a maio de 2007). Portanto, houve um aumento de aproximadamente 7% na área desmatada.

Em maio de 2008, o desmatamento foi maior no Pará (60%), seguido por Mato Grosso (17%), Rondônia (13%) e Amazonas (9%). Os demais estados contribuíram com cerca de 1% do desmatamento.

Não foi possível detectar a situação do desma- tamento em 36% da Amazônia Legal por excesso de nuvens nessas áreas. A região não-mapeada corresponde ao Estado do Amapá, parte de Roraima, norte e noroeste do Amazonas, centro-norte e norte do Pará. Além disso, como o SAD só detecta desmatamentos acima de 12,5 hectares, a estimativa de desmatamento para maio de 2008 é conservadora.

A maioria (70%) do desmatamento em maio de 2008 ocorreu em áreas privadas ou sob diversos estágios de posse. Foi relativamente expressivo o desmatamento nas Unidades de Conservação alcançando 19%, enquanto os 10% restantes ocorreram em Assentamento de Reforma Agrária. O desmatamento nas Terras Indígenas foi menor do que 1%.

A Floresta Nacional (Flona) do Jamanxim (Oeste do Pará) perdeu 35 quilômetros quadrados em maio de 2008. No acumulado do período (agosto 2007 a maio de 2008), essa Flona já perdeu 44 quilômetros quadrados de floresta.

Baixe aqui o arquivo