Identificação de Áreas com potencial para a Criação de Florestas Nacionais no Estado do Pará

Identificação de Áreas com potencial para a Criação de Florestas Nacionais no Estado do Pará

identificacao_de_areas_com_potencial_para_a_criacao_de_florestasVeríssimo, A., & Souza Jr., C. 2000. Identificação de Áreas com potencial para a Criação de Florestas Nacionais no Estado do Pará (p. 56). Brasília: Ministério do Meio Ambiente.

Neste estudo, os pesquisadores do Imazon (Carlos Souza Jr., Adalberto Veríssimo e Paulo Amaral) identificaram uma expressiva área de floresta no Pará (26% do Estado) com potencial para a criação de Floresta Nacional ou Estadual. Essas áreas possuem uma combinação de características desejáveis tais como i) estão sob o alcance da atividade madeireira; ii) não coincidem com áreas protegidas ou sob prioridade para proteção da biodiversidade; iii) possuem baixa pressão antrópica; e iv) são cobertos por florestas ricas em recursos madeireiros e não-madeireiros. Em termos espaciais, essas áreas estão localizadas no centro-norte (próximo da Flona de Caxiuanã e rio Pacajá-Anapú, oeste e norte do Estado). Os municípios com maior extensão de terras com potencial para Flonas são Bagre, Portel, Monte Alegre, Oriximiná, Itaituba, Novo Progresso e Altamira. O estudo foi realizado e publicado com apoio do Ministério do Meio Ambiente (Programa Nacional de Florestas) e FAO.

Baixe aqui o arquivo

Confira AQUI a versão online.