Nosso patrimônio ameaçado: Como as Unidades de Conservação na Amazônia estão em risco

Do micro ao macro, a Amazônia é grandiosa. Ela abriga a maior biodiversidade da Terra. Suas plantas contêm substâncias empregadas no combate a doenças, como a unha-de-gato (Uncaria tomentosa), usada contra processos inflamatórios Também são utilizadas na cosmetologia, como o bálsamo de copaíba, um fixador de odores 2. Além disso, a Amazônia fornece inúmeros outros

Leia mais...

Estradas não oficiais em Áreas Protegidas (até 2012 e 2016)

A construção desordenada de estradas na Amazônia está ameaçando e pressionando fortemente as áreas protegidas (APs) da região. Apesar de exercerem um papel fundamental para frear o avanço de estradas, as APs não impedem que esses vetores causem danos no entorno e dentro dessas áreas. O Imazon identificou e mapeou estradas não oficiais em APs da Amazônia com maior

Leia mais...

Edital para contratação de consultoria para desenvolvimento de campanha de comunicação

Tomada de Preço Nº 003/2018   Contexto e Justificativa O Imazon é uma instituição não governamental sem fins lucrativos com sede em Belém, cuja missão é promover conservação e desenvolvimento sustentável na Amazônia por meio de estudos, apoio à formulação de políticas públicas, disseminação ampla de informações e formação profissional. O instituto está situado na

Leia mais...

Eles defendem nosso patrimônio. O que os brasileiros pensam sobre grilagem em Área de Conservação da Amazônia.

As invasões de terras públicas destinadas à conservação ou uso sustentável na Amazônia são constantes. Nos últimos anos o problema parece ter se agravado, com ataques ao Sistema Nacional de Unidades de Conservação. Uma pesquisa de opinião realizada pelo ReclameAquimostra o que os brasileiros acham das terras protegidas na Amazônia. O levantamento foi feito a

Leia mais...

Eles defendem nosso patrimônio. Como os brasileiros apoiam as Unidades de Conservação.

  Nos últimos anos, as Unidades de Conservação (UCs) da Amazônia têm sido atacadas por especuladores de toda sorte. Esses ataques incluem invasões, grilagem e tentativas para reduzir a proteção das áreas. Os ataques ao sistema de unidades de conservação são complementados por um discurso anti-preservação de setores ruralistas – inclusive com representantes no governo,

Leia mais...