Boletim Risco de Desmatamento (Agosto de 2011 a Julho de 2012)


agosto_2011_julho_2012gSales, M., & Souza Jr., C. 2013. Boletim Risco de Desmatamento: Avaliação de Resultados (Agosto de 2011 a Julho de 2012) (p. 7). Belém: Imazon.

Neste boletim, comparamos os dados do Prodes, para o período de agosto de 2011 a julho de 2012, com os resultados apresentados no Boletim de Risco de Desmatamento publicado em Agosto de 2011, o qual apresentou previsões para o mesmo período.

Essa comparação foi feita para avaliar o grau de exatidão da previsão reportada, e para identificar as necessidades de aprimoramento para previsões futuras. O boletim de avaliação é publicado alternadamente a cada boletim anual de risco de desmatamento, após a divulgação dos dados oficiais do período estimado. Avaliamos a exatidão global e espacial do modelo e também a exatidão do modelo para estimar a área total desmatada em municípios, Áreas Protegidas e Assentamentos.

O modelo projetou uma área de desmatamento de 7.134 quilômetros quadrados, dos quais 2.721 quilômetros quadrados com chance de desmatamento acima de 0 entre agosto de 2011 a julho de 2012.

A área de desmatamento mapeada2 pelo PRODES foi de 4.656 quilômetros quadrados (ainda em caráter preliminar), que indica redução significativa em relação ao projetado pelo modelo. Neste período, observamos que cerca de 70% dos polígonos de desmatamento do Prodes ocorreram em até cinco quilômetros de distância de algum local de risco previsto pelo nosso modelo, e na média, 90% dos pixels desmatados aconteceram a uma distância de cerca de sete quilômetros de algum pixel de risco previsto. Houve correlação moderada entre a área total sob risco por Município e a área desmatada mapeada pelo Prodes (r=0.69). Para assentamentos, a correlação foi menor (r0,44). Para Áreas Protegidas, houve boa correlação entre as áreas desmatadas previstas e mapeadas em Unidades de Conservação Estaduais (r=0,85), mas a correlação foi menor para Terras Indígenas (0,55) e Unidades de Conservação Federais (r=0,20).

Baixe aqui o arquivo.