Boletim Transparência Florestal Amazônia Legal (Fevereiro 2009)

Boletim Transparência Florestal Amazônia Legal (Fevereiro 2009)

amazonia_legal_maio_2008Hayashi, S., Souza Jr., C., & Veríssimo, A. (2009). Boletim Transparência Florestal Amazônia Legal (Fevereiro 2009) (p. 10). Belém: Imazon.

Em fevereiro de 2009, o Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) registrou 62 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal. Um valor similar ao registrado em fevereiro de 2008 quando o desmatamento somou 63 quilômetros quadrados.

O desmatamento acumulado de agosto de 2008 a fevereiro de 2009 totalizou 749 quilômetros quadrados. Em relação ao desmatamento ocorrido no mesmo período do ano anterior (3.579 quilômetros quadrados) houve uma redução de 79%.

Em fevereiro de 2009, o desmatamento foi maior em Mato Grosso (65%), seguido por Pará (25%), Roraima (4%), Amazonas (4%) e Rondônia (2%).

Não foi possível monitorar 66% da Amazônia Legal devido a ocorrência de nuvens nas imagens MODIS dessas áreas. A região não-mapeada está em grande parte nos Estados do Acre, Amazonas, Amapá, Pará e em algumas áreas no Mato Grosso e Tocantins. Além disso, a parte do Maranhão que integra a Amazônia Legal não foi analisada.

A degradação florestal, oriunda de áreas que sofreram intense exploração madeireira e ou que sofreram fogo florestal, atingiu, 37 quilômetros quadrados em fevereiro de 2009. Desse total, a maioria (75%) ocorreu em Mato Grosso, seguido do Pará com 15%, Rondônia com 9% e Acre com 1%.

Baixe aqui o arquivo