Pecuária na Amazônia: tendências e implicações para a conservação

Pecuária na Amazônia: tendências e implicações para a conservação

pecuaria_na_amazonia_tendenciaArima, E., Barreto, P., & Brito, M. 2005. Pecuária na Amazônia: tendências e implicações para a conservação (p. 76). Belém: Imazon.

Entre 1990 e 2003, o rebanho bovino da Amazônia Legal cresceu 240% e passou de 26,6 milhões para 64 milhões de cabeças. Projeções indicam que a pecuária continuará crescendo na região. Esse potencial poderia ser aproveitado para estimular o crescimento econômico da região, mas ao mesmo tempo gera preocupações ambientais.

Três questões chamam a atenção neste debate: (i) os pecuaristas da região aumentariam a produção via desmatamento de novas áreas ou investiriam no aumento da produtividade das áreas já desmatadas?; (ii) eventuais novos desmatamentos tenderiam a ocorrer nas regiões já ocupadas ou em novas fronteiras? e (iii) quais as opções para conciliar o eventual crescimento da pecuária com a conservação ambiental e ecológica?

Este livro analisa os fatores que levaram ao rápido crescimento da pecuária na Amazônia, avalia os futuros cenários dessa atividade e propõe políticas que possam conciliar o desenvolvimento da pecuária com a conservação ambiental e da biodiversidade.

Baixe aqui o arquivo

Visualize aqui a versão online.